O que é IG?

Ao longo dos anos, algumas cidades ou regiões ganharam fama por causa de seus produtos ou serviços especiais. Quando qualidade e tradição se encontram num espaço físico, a IG,  Indicação Geográfica,  surge como fator decisivo para garantir a diferenciação do produto. O registro da Indicação Geográfica pelo INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) reconhece a reputação, qualidades e características que estão vinculadas ao local. Como resultado, elas comunicam ao mundo que uma certa região se especializou e tem capacidade de produzir um artigo diferenciado e de excelência. 

 

Tradição e herança histórico-cultural, ambiente e biodiversidade, notoriedade e saber fazer dos territórios, são informações relevantes para a concessão da Indicação Geográfica (IG) aos produtos de determinadas regiões. 

 

A IG agrega valor ao produto verdadeiro e autêntico e protege as regiões originais, onde a disciplina no método de produção confere notoriedade exclusiva ao produto. A Indicação Geográfica dá o amparo legal que protege e garante a exclusividade de uso da marca dos produtos de determinada região sob controle da IG. A Indicação Geográfica de Procedência para as joias em prata de Pirenópolis foi solicitada pela ACEAPP (Associação Cultural e Ecológica dos Artesãos em Prata de Pirenópolis) e concedida pelo INPI em 2019 após rigoroso processo de análise da história, da qualidade e originalidade da arte joalheira de Pirenópolis.

16_9_foto23.jpg